Warning: array_map(): Argument #2 should be an array in /var/www/clients/client8/web16/web/wp-content/themes/ofertorio/inc/core.php on line 144

Warning: array_unique() expects parameter 1 to be array, null given in /var/www/clients/client8/web16/web/wp-content/themes/ofertorio/inc/core.php on line 147

Warning: implode(): Invalid arguments passed in /var/www/clients/client8/web16/web/wp-content/themes/ofertorio/inc/core.php on line 152

Warning: array_values() expects parameter 1 to be array, boolean given in /var/www/clients/client8/web16/web/wp-content/themes/ofertorio/inc/core.php on line 195

Warning: array_keys() expects parameter 1 to be array, boolean given in /var/www/clients/client8/web16/web/wp-content/themes/ofertorio/inc/core.php on line 195

Warning: array_map(): Argument #2 should be an array in /var/www/clients/client8/web16/web/wp-content/themes/ofertorio/inc/core.php on line 195

Tempos idos, o conjunto Lindoia era uma sitio de aproximadamente dez alqueires, a partir do ribeirão Lindoia até a Av. Maritaca, da atual Av. Nova Londrina até a Rua Cândido de Abreu. de propriedade do Sr. Atílio Vidotti. Vivia com sua família plantando café, milho, arroz, feijão. Possuía vacas, porcos, galinhas; tudo o que ele podia para diminuir as despesas familiar. Era um agricultor com bastante influência no meio do povo de então. Tinha empregados e um deles era também o Sr. Bortolotti, que mais tarde mudou-se com toda a família para Araponga.

Após a grande geada do 75, cansado e de idade transformou o sítio em conjunto habitacional com o nome de “Conjunto Lindoia”, devido ao ribeirão, no fundo do vale. No ano 79 o “Conjunto” foi liberado pela Prefeitura de Londrina e entregue à população. Era então prefeito o Sr. Belinati. No ano de 62 a família Bortolotti (mãe e filhos (pois o pai já tinha falecido em Araponga) voltaram para Londrina e foram moram na Vila Iara até o ano 79. O filho maior, Sr. José Antônio Bortolotti entrou no loteamento, administrado pelo BNH, no final do ano 82.

As famílias que mais atuaram neste conjunto foram José Zambrini, apelidado de “Bepe”, dono do “Parque Valdemar Hauer” com aproximadamente 50 alqueires. A família Pedro Buratin, o Sr. Pedro Bortolotti e o Sr. Otacílio com uma pequena venda, que crescendo é hoje o supermercado 88. A estas famílias, juntaram-se outras, que constituíram uma pequena sociedade interessada para formar a comunidade cristã. Entre elas se distingem a família do Sr. Maio Ituo, do Sr. Orlando Avancini, o Sr. Antônio e dona Eunice, o Sr. Cido e a Sra Toninha, ele chamado também de “polaco”, o Sr. Luiz, Sr. Sebastião e Sr. Antônio, que atualmente mora em frente do posto de saúde.

As famílias, que vinham aumentando cada vez mais eram atendidas pelos Padres Xaverianos, que vinham da Paróquia “Nossa Senhora de Fátima”. Era o Pe. Jorge o encarregado para celebrar as Santas Missas, em lugar aberto (campal), porque não existia o local definitivo. Mais tarde ocuparam o lugar onde está a atual igreja, num barracão, bem atrás da atual Igreja Matriz. Neste barracão, no domingo de Ramos de 1985 foi celebrada a Missa pelo então arcebispo Dom Geraldo M. Agnello tendo como concelebrante o josefino Pe. Antônio Lauri de Souza, pertencente à comunidade da EPESMEL. Nesta ocasião o Sr. Arcebispo deu posse ao Pe. Antônio Lauri como pároco “ad personam” da “quase paróquia Cristo Bom Pastor”. A partir deste momento os Josefinos, além da EPESMEL, começaram a atender  a toda a área da quase paróquia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *